Alexandre Borges

Mora em Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO, BRASIL

FOTOS RECENTES

ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO EM 21/09/2016


Amigos ver todos

Esse artista ainda não possui círculos.
  • NOME ARTÍSTICO

    Alexandre Borges

  • PROFISSÃO

    Ator

  • DRT

    7368 / RJ

  • IDADE

    51 anos

  • PESO

    81kg

  • Altura

    1.82m

Integrou o grupo de teatro Boi voador, dirigido por Ulysses Cruz, com quem estreou em 1985, na peça Velhos Marinheiros, de Jorge Amado. Entre 1985 e 1989, esteve presente em diversos espetáculos promovidos pelo grupo como Corpo de Baile, deGuimarães Rosa, e Pantaleão e as Visitadoras, de Mario Vargas Llosa.
Sua primeira atuação no cinema, deu-se com o curta Paixão Cigana, de 1991.
Atuou em sua primeira novela, já como protagonista, Guerra sem Fim, da extinta Rede Manchete. Nessa novela foi onde conheceu sua ex esposa , contracenou também na peça Hamlet, de 1993.
Sua estréia na Rede Globo foi em 1994, com uma participação na minissérie Incidente em Antares. Mas o sucesso e o reconhecimento só vieram no ano seguinte, quando interpretou Luís Cláudio, uma das personagens centrais da minissérie Engraçadinha... Seus Amores e Seus Pecados. Em pouco tempo, tornou-se um dos atores mais requisitados da emissora.
Em 1995, despontaria em A Próxima Vítima, como o interesseiro Bruno. No ano seguinte, em 1996, vive o seu primeiro protagonista em novelas da Rede Globo, o Afonso de Quem É Você?, ao mesmo tempo em que esteve no cinema com o longa Terra Estrangeira, de Walter Salles.
Depois vieram, o co-protagonista Solano Dumont de Zazá, em 1997, e o publicitário Nélio Porto Rico do remake de Pecado Capital, em 1998.
Em 1999, integrou o elenco do seriado Mulher, protagonizado por Patrícia Pillar e Eva Wilma, na pele do médico João Pedro. Também atuou no filme Um Copo de Cólera, tendo protagonizado a sua primeira cena de nu nas telonas.
Posteriormente, em 2000, participou da histórica minissérie A Muralha, como Dom Guilherme, lançada no ano de comemoração aos 500 anos do Brasil. Nesse mesmo ano, encarnou o boa vida Danilo da novela Laços de Família, mostrando ao telespectador seu lado cômico e, o jogador de futebol Acácio, do filme Bossa Nova, de Bruno Barreto.
Em 2001, atuou na telenovela As Filhas da Mãe, como Leonardo Brandão, herdeiro de uma grande fortuna que se apaixona pela transexual Ramona, (Cláudia Raia).
No ano seguinte protagonizou a novela O Beijo do Vampiro, como Rodrigo, o lendário Cavaleiro Negro.
Em 2003, esteve presente no grande sucesso de Celebridade, como Cristiano, jornalista de grande sucesso, versado em cultura brasileira e MPB, viúvo, que vê sua carreira ir por água abaixo após se entregar à bebida por não suportar a morte da mulher. Nesta novela, voltou a fazer par romântico com sua atual esposa, a atriz Júlia Lemmertz, que na novela deu vida à sua vizinha Noêmia.
Em 2004, participou da programação de final de ano da Rede Globo, ao integrar o elenco da microssérie O Pequeno Alquimista, feita nos mesmos moldes da série cinemática Harry Pottere, também responsável por lançar o ator Daniel Torres.
Em 2005, co-antagonizou a novela Belíssima. Em 2006, protagonizou o filme Gatão de Meia Idade, que conta a história de um quarentão, solteiro, charmoso e sedutor que atravessa a chamada "crise da meia-idade" e, participou também do longa Zuzu Angel, que narra a dramática história da estilista que teve seu filho torturado e assassinado pela ditadura militar.
Em 2007, foi um dos protagonistas de Amazônia, de Galvez a Chico Mendes, tendo encarnado Plácido de Castro na segunda fase da minissérie. No mesmo ano, atuou em Desejo Proibido, como Dr. Escobar, médico que vive um romance proibido com sua paciente Ana, de Letícia Sabatella, repetindo o que acontecera em A Muralha, de 2000.
Em 2008, fez uma participação especial nos primeiros capítulos de Três Irmãs, como Artur Áquila, vítima de um acidente fatal de carro. Posterior a esse trabalho, em 2009, viveria mais um dos seus grandes momentos na TV, ao dar vida ao excêntrico Raul Cadore, de Caminho das Índias. Em 2010, pode ser visto na pele do costureiro Jacques Leclair, no remake de Ti Ti Ti, onde mais uma vez fez par com Cláudia Raia. Foi responsável pela produção dos longas O Invasor e Joana e Marcelo, Amor (Quase) Perfeito. Este último teve uma versão mais completa feita para a televisão.
Em 2012, o ator interpretou mais um papel importante em sua carreira, o executivo mulherengo Cadinho, casado com três mulheres a fútil e consumista Verônica Magalhães (Débora Bloch), a bióloga hippie Noêmia Buarque (Camila Morgado), e a atrapalhada e rica Aléxia Bragança (Carolina Ferraz). No sucesso de João Emanuel Carneiro, a novela Avenida Brasil .

Trabalhos

2016 - Longa Metragem - Bem Casados (Aluizio Abranches)

2016 - Novela - Haja Coração - Rede Globo (Fred Mayrink )

2015 - Novela - I Love Paraisópolis - Rede Globo (Wolf Maia )

2014 - Longa Metragem - Getúlio, Últimos Dias ( João Jardim)

2013 - Novela - Além do Horizonte - Rede Globo (Ricardo Waddington)

2012 - Novela - Avenida Brasil - Rede Globo (Ricardo Waddington )

2002 - Longa Metragem - As Três Marias (Aluizio Abranches)

2002 - Novela - Celebridade - Rede Globo (Denis Carvalho )

1996 - Novela - A Próxima Vítima - Rede Globo ( Jorge Fernando)

Ooppah, esses dados são exclusivos para produtores.
Torne-se um produtor Ooppah e tenha acesso a esses e muitos outros dados exclusivos para produtores.

Fernanda Ribas

NOME DO AGENTE

Fernanda Ribas

TELEFONE

(21) 2511-6135 (Fixo)

TELEFONE

(21) 2540-5665 (Fixo)

EMAIL

administrativo@frproducoes.com.br

  • Cor do Cabelo

    Castanho Escuro

  • Cor dos Olhos

    Castanhos

  • Cor da Pele

    Clara

  • Funções

    Ator

  • Possui cadastro em

    Globo

  • Tamanho do Cabelo

    Curto

  • Tipo Físico

    Normal